publicidade

REVIEW: Speed Bump, o novo masturbador masculino

Bastante apertado, possui bolinhas sutis que estimulam o pênis de forma mais intensa.

Redação - SOS Solteiros - Publicado: 05/06/2015 14:17 | Atualizado: 05/06/2015 16:20
255
Clique no "joinha" para bombar este post!
0
0
0
publicidade

Muitas vezes a vida costuma nos deixar na mão, principalmente quando se é solteiro. Mas se tem uma coisa que aprendemos aqui no SOS, é que sempre podemos usar nossa criatividade.

Para nos ajudar nesse desafio, recebemos o novo produto da Fleshlight: o masturbador “speed bump”.

large_193 cópia

A empresa, expert em masturbadores masculinos, garantiu sucesso total. Por isso ninguém menos que nosso editor chefe resolveu fazer o teste, contando como foi sua experiência. Se liga!

publicidade

***

“Antes de tudo agradeço a Fleshlight pela coragem, dando carta branca para falar o que realmente achei do produto.

publicidade

141215_fleshlight_unboxing1A primeira coisa que me chamou a atenção foi a caixa que recebi do correio, bastante discreta. Infelizmente estava curioso demais para tirar fotos. Dentro dela veio o masturbador, guia de uso, um flyer comercial e um lubrificante.

A imagem ao lado é do blog Danosse.

A segunda coisa que me impressionou foi a textura da borracha Real Feel SuperSkin®, provavelmente a mais parecida com pele humana. O formato de lanterna também é um ponto forte, extremamente anatômico.

fleshlight

O manual de instruções é bastante didático, vou explicar segundo minha experiência prática.

1. Versão “Speed Bump”

Speed bump é uma textura que só consta na versão “orifício anus”, é bastante apertado por replicar o formato natural, e possui textura em formato de “lombadas”, bolinhas sutis que estimulam o pênis de forma mais intensa.

speed bump

2. Esquentando os motores

Depois de descartar o tubo que vem dentro da luva masturbadora, eles indicam que retire-a do case plástico e coloque-a em um recipiente com água morna. Dessa forma vai ficar quentinho, mais ou menos como deveria ser com uma pessoa de verdade. Eu não fiz nada disso, muito trabalho.

3. Lubrifique bastante

Para evitar irritação na pele, deve-se lubrificar bem. Encaixe a luva de volta no case, e lubrifique bastante, por dentro principalmente. O seu pau também, é claro. Eles ressaltam a importância do lubrificante ser à base de água, outros tipos podem danificar o produto.

fleshlight 2

4. Use sem moderação

Agora, meu amigo, coloca aquele vídeo favorito, e aproveite. É como bater punheta, só que a sensação é 10 vezes melhor e real. Por ter aquelas lombadinhas internas, o estimulo é ainda maior! Na pegada Kama Sutra, rola apoiar em algum lugar e fazer o mesmo movimento do ato sexual.

Se quiser ver a imagem em gif, clique aqui – não sou eu.

5. Truque da sucção

Testei 4 vezes antes de escrever esse review, e descobri só agora uma função incrível. Existe uma tampinha na parte debaixo do case, ela controla a intensidade da sucção, basta apertar ou afrouxar. Vou tentar depois.

unnamed

imagem – fleshlight

6. Lavou, tá nova!

Depois que gozar bastante, retire a luva do case plástico e deixe água morna escorrer em abundância meu irmãoo, danaada. O guia indica que não use detergente ou sabão. Para limpeza pesada, uma pequena quantidade de álcool isopropílico resolve.

fleshlight 3

7. Evite o mofo

Para secar a luva com rapidez é indicado usar toalha ou colocar em local arejado. Perguntei a empresa o que deveria fazer com a parte interna, eles indicaram usar um secador no modo vento, ou deixar secando naturalmente, optei pela segunda ideia.

Por ter abertura dos dois lados, o ar corre por dentro, secando depois de alguns minutos. O ruim é apoiá-la em algum lugar.

flesh

8. Truque do amido de milho

A empresa diz que se espalhar uma pequena quantidade pode garantir maciez ao produto. Não testei.

Conclusão

O masturbador é realmente muito interessante, eu diria quase viciante. Se o dono desse brinquedo erótico está numa seca sem fim, pode ser um grande alívio. É claro que não substitui uma pessoa, mas acredito que, assim como o vibrador, esse não é o intuito.

Para quem goza rápido é um santo remédio, o treino no masturbador pode ajudar ao se controlar na hora do vâmo-vê.

Mas existem alguns problemas:

– O primeiro é por conta da lubrificação, como tem que usar bastante, acaba fazendo uma lambança enorme. Já deixa papel higiênico do lado, vai precisar.

– Outro lado negativo é na hora de lavar e secar, não adianta usar e abandonar no criado-mudo, precisa de certo carinho para não estragar o produto. Vi imagens de alguns Fleshlights mofados, bem nojento!

– O último problema é o preço, cerca de R$340, rola até uma broxadinha.”

 



Destaques do Alô, Alô? Testando!

255
Clique no "joinha" para bombar este post!
0
0
0
O seu almanaque pra vida. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
publicidade

Comente!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade