publicidade

Amantes do Pornô têm mais chances de virarem religiosos, revela pesquisa

Clicar, gozar e rezar.

Rui Davi - Publicado: 20/01/2017 16:14 | Atualizado: 20/01/2017 16:16
31
Clique no "joinha" para bombar este post!
28
0
0
publicidade

Se de tanto assistir pornô você acha que está condenado ao inferno, saiba que, na verdade, o caminho pode ser exatamente o inverso.

– Oh, querido Jesus!

Um novo estudo publicado no Journal of Sex Research sugere que pessoas que assistem pornografia com mais frequência são propensas a serem mais religiosas.

O trabalho foi realizado pelo pesquisador Dr. Samuel Perry, que coletou e analisou dados sobre os hábitos pornográficos e religiosos de mais de 1,3 mil pessoas nos Estados Unidos durante 6 anos. A intenção era saber como a religião poderia ser afetada pelo consumo de pornografia com o passar dos anos.

Clicar, gozar e rezar

Segundo o estudo, a frequência do consumo de material erótico tem relação com a forma com que os indivíduos praticam (ou não) uma religião.

publicidade

Pessoas que assistiam sacanagem mais de uma vez por semana passaram a ser mais religiosas durante os 6 anos seguintes. Já aqueles que diziam ver com menos assiduidade, 1 ou 2 vezes por mês, teriam se mostrado menos fiéis ao longo do tempo.

publicidade

“Aqueles que acessaram pornografia com maior frequência pareciam ser mais religiosos em termos de frequência de oração e adoração do que aqueles que usaram a pornografia em níveis mais moderados”, explica Dr. Perry ao site The Independent.

Unilad, http://www.unilad.co.uk/nsfw/watching-porn-makes-you-more-religious-apparently/Unilad

Deus vendo!

Para o autor do estudo, a maior religiosidade entre os fãs do pornô poderia ser uma compensação pelo sentimento de culpa ou por estar praticando algo que não seria correto pela ótica da moral religiosa.

“Para os norte-americanos religiosos, o consumo de pornografia está em desacordo com a sua visão da moralidade sexual. Este é um enorme problema moral para essas pessoas, especialmente quando elas estão consumindo de forma consistente”, declara Dr. Samuel à publicação.

Os resultados também mostraram que as pessoas que nunca haviam assistido filmes pornôs tinham mais certeza da sua fé e eram mais piedosas. Por outro lado, as que acessavam esse conteúdo ocasionalmente eram mais inclinados a momentos de dúvidas religiosas e algumas descrenças.

Independent, http://www.independent.co.uk/life-style/love-sex/porn-religion-samuel-perry-study-pornography-a7028581.htmlIndependent

Gozando de boa fé

Ainda segundo o estudo, os pornófilos exageram nesse tipo de conteúdo, da mesma forma que acabam exagerando na religião, por isso esses dois tipos de comportamento se relacionam.

Além disso, ele também sugere outra hipótese de que as pessoas mais religiosas que consomem pornografia frequentemente já fazem isso com naturalidade no dia a dia e conseguem separar as duas coisas tranquilamente, sem sentir culpa.

Apesar dos resultados, Dr. Perry diz que sua pesquisa não mostra que as pessoas religiosas gostam mais de pornografia, mas sim que os fãs do pornô têm mais apego à religião do que se esperava.

– E aí, você acha que se esse estudo fosse feito com os brasileiros o resultado seria semelhante?

Fonte(s): Independent


Destaques do Alô, Alô? Testando!

31
Clique no "joinha" para bombar este post!
28
0
0
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.
publicidade

Tá na rede!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade