publicidade

O jogo virou: Dividir a cama com seu pet melhora o sono, revela estudo

Com os devidos cuidados, a presença dele é fundamental para pegar no sono.

Caroline Simoes - Publicado: 13/04/2016 13:00 | Atualizado: 13/04/2016 13:02
1.155
Clique no "joinha" para bombar este post!
1143
0
0
publicidade

É tarde da noite e você já está deitado quando ouve um leve choro no pé da cama. É seu animal de estimação, com a cara mais triste do mundo, pedindo: “posso dormir com você? Minha cama é fria, solitária e tem um monstro lá.”

Como dizer não?

O_jogo_virou_Animal_estimação_sosolteiros

De acordo com a pesquisa da Sleep Resource Center de 2012, essa realidade atinge mais de 50% das pessoas. 56% dos donos de cachorros e 62% dos de gatinhos. Mas segundo esse estudo, a prática pode ser muto perigosa.

publicidade

Além de agravar os problemas respiratórios de alguns pacientes avaliados, outros apresentaram doenças bacterianas causadas por pequenas feridas feitas pelos animais durante o sono e até doença de chagas pois o parasita pode facilmente se esconder nos pelos espessos de cães e gatos.

publicidade

Também existe aquela parcela de entrevistados que afirmam partilhar a cama com o animal, mas o mesmo se mexe muito e transforma o sono do humano em um inferno. Nós até já fizemos um post mais completo sobre esse estudo, clique aqui pra dar uma olhadinha.

Mas o importante mesmo é que o jogo virou!

Agora você não precisa mais enxotá-los do quarto e fechar a porta na cara (fofinha) deles enquanto segura o choro e se sente um ser humano horrível, a ciência voltou atrás e deu a permissão!

O Novo Estudo

Um estudo mais recente fez um uma avaliação com 150 pacientes da Mayo Clinic, no Arizona e constatou que 56% dormiam abraçadinhos com algum animal, e apenas 20% contam que possuíam problemas para dormir por causa do pet.

Segundo os responsáveis pela pesquisa, a presença do amigo peludo é fundamental para pegar no sono.

 “Boa parte dos entrevistados relataram se sentirem mais seguros e relaxados quando seu animal de estimação dorme nas proximidades”, revelou Dr. Lois Krahn, especialista em medicina do sono da Mayo Clinic.

Foram 41% dos pacientes que sentiam ter uma noite de sono melhor com o animal de estimação no quarto, que fez com que o estudo concluísse que essa pode ser uma boa solução para aquelas pessoas que sentem problemas para dormir por se sentirem sozinhas e desprotegidas durante a noite.

“Os pacientes acham que dormir com seu animal realmente ajuda para que se sintam mais confortáveis. Uma mulher disse que seus dois cães pequenos aquecem sua cama, outro disse que era reconfortante e relaxante sentir o gato em contato com seu corpo na hora de dormir”, diz Krahn.

O_jogo_virou_animais_cama_Gato_sossolteiros

O número de pessoas que visitavam a Mayo Clinic reclamando que seus animais perturbavam o sono, como foi informado no primeiro estudo, era de aproximadamente 10%, mas foi explicado que essas pessoas tinham mais de um animal de estimação.

Ou seja, é claro que se você dormir com 4 cães e 2 gatos, as coisas serão um pouco mais difíceis, não é mesmo?

E para evitar todo aquele lance citado no primeiro estudo, onde os cãezinhos poderiam transmitir sérias doenças, Dr. Krahn esclarece que deve-se estar sempre com as vacinas e exames em dia. Feito isso, é só jogar o edredon e relaxar. Ah, um banho também cai bem.

O_jogo_virou_protegido_sosolteiros

Mas não se esqueçam, esse resultado não funciona para aquelas pessoas que possuem problemas respiratórios, alergias ou asma. Respirar ainda é mais importante, tá?

Como diria, Ana Maria Braga: “Chama os cachorros!” e boa noite.

Fonte(s): Mayo Clinic, Mega Curioso, Today
Imagem de capa: Home of Bed and Biscuit


Destaques do Alô, Alô? Testando!

1.155
Clique no "joinha" para bombar este post!
1143
0
0
Aspirante a Jornalista ligeiramente distraída. Raramente lembra do que estava fazendo mesmo com seus 20 e poucos anos. Sempre procura o lado bom das coisas, adora miojo cru e o resto ela esqueceu.
publicidade

Tá na rede!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade