publicidade

O Facebook te espiona até fora da plataforma, saiba como se proteger

Encontramos 3 maneiras para dar um chega pra lá na bisbilhotice do Face.

Rui Davi - Publicado: 18/11/2016 15:18 | Atualizado: 18/11/2016 15:42
151
Clique no "joinha" para bombar este post!
148
0
0
publicidade

Saiu do Facebook? Não olhe agora, mas ele continua te vigiando!

Que ele coleta dados dos usuários e usa como base para anunciantes, muitas pessoas já sabem. A novidade é que ele continua “espionando” tudo o que você faz, mesmo quando está navegando em outros sites.

É isso mesmo! Se você acessar alguma página que contenha um plugin, como os botões de “curtir” ou “compartilhar” – tipo o SOS Solteiros -,  eles irão receber suas informações e repassar ao Facebook.

A justificativa da empresa, segundo publicação oficial, é que com esses dados eles podem criar um perfil mais detalhado da sua atividade online, e, assim, oferecer anúncios mais relevantes e personalizados.

publicidade
Pinterest, https://br.pinterest.com/pin/335096028499902501/Pinterest

Peixe fisgado fora da rede

Funciona assim: você visita um site qualquer e ele tem um botão para dar “joinha” em alguma postagem ou produto.

publicidade

Esse plugin, responsável pela curtida, irá armazenar suas informações (mesmo que você não clique em nada), que vão desde coisas simples, como localização, gênero ou idade, até as mais complexas, como qual o restaurante você frequenta, se você mora longe da sua família e quais produtos compra no mercado.

Segundo a própria empresa, “se você visita sites de viagens, talvez veja anúncios de ofertas de hotéis no Facebook”. Mas se o acesso foi a um site que não é comercial, o Face vende essas informações para outros anunciantes que tenham você como público-alvo.

Por exemplo, entro em um site que ensina a cuidar de samambaias. Provavelmente anúncios de floriculturas aparecerão para mim. Sim, o SOS – este incrível portal de dicas – também entra nessa.

Keyword-suggestions, http://www.keyword-suggestions.com/bmV3IGRhdGEgcGxhbiBtZW1lcw/Keyword-suggestions

– Toda sua informação pertence a mim

Lembrando que essa não é uma atividade restrita ao Facebook. Diversas empresas na internet praticam essa “colheita” por meio dos famosos cookies.

Segundo o Washington Post, o Face revelou que existem cerca de 98 pedaços de informações que servem para compor o perfil de preferências dos internautas. Você pode consultar quais os “pedaços” que a rede social já escolheu para montar o seu aqui.

O problema é que, além da invasão de privacidade, os anúncios podem ser muitas vezes indelicados. Já imaginou o tipo de propaganda que vai aparecer se você passar a noite procurando um brinquedinho erótico pra usar com o mozão? Melhor nem ligar o computador na firma.

O mesmo acontece com pesquisas sobre doenças e outros assuntos íntimos que você não quer que sejam exibidos na sua timeline.

Mas há uma saída!

Veja como limitar a coleta de suas informações:

Acesse o Facebook, clique na seta do canto superior direito e depois em “Configurações”. Se clicar nesse link, já te levaremos direto para lá.

Em seguida, clique em “Anúncios”.

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Depois, em “Anúncios baseados no meu uso de sites e aplicativos”, clique em “Editar” e na parte inferior selecione “Desativado”.

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Logo abaixo, em “Anúncios em aplicativos e sites de empresas que não sejam do Facebook”, clique em “Editar” e então selecione “Não”.

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Abaixo, em “Anúncios com minhas ações sociais”, clique em “Editar” e depois selecione “Ninguém”.

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Pronto!

Apesar de isso dar uma barrada no uso dos seus dados, uma pequena parte deles ainda poderá ser coletada e você continuará recebendo anúncios relacionados à sua idade e localização, por exemplo.

Contudo, essa já é uma medida bem eficiente para que boa parte das informações não fiquem por aí sendo usadas sem autorização.

Ainda há outras maneiras

Além disso, para se proteger ainda mais, você pode navegar através da função “anônima”. Esse esquema não grava cookies dos sites que visita, portanto, suas informações não serão colhidas e depois vinculadas ao seu perfil no Facebook.

Outra opção é ocultar os anúncios de uma determinada empresa. Veja como:

Quando visualizar uma propaganda na sua timeline, clique na seta à direita do anúncio e depois em “Ocultar Anúncio“.

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Assim que ocultar a publicidade, uma nova janela aparecerá perguntando se deseja ocultar todos os anúncios desta empresa. Clique e pronto!

Reprodução / Facebook, www.facebook.comReprodução / Facebook

Agora já temos um bisbilhoteiro a menos na nossa vida virtual. O próximo passo é descobrir como bloquear sua vizinha fofoqueira. Será que tem como?

Fonte(s): The Washington Post, Olhar Digital, Techtudo, ZDNet, Dailymail


Destaques do Alô, Alô? Testando!

151
Clique no "joinha" para bombar este post!
148
0
0
Comunicador baiano que toca guitarra e ainda espera ser um astro do Rock. Enquanto isso, se contenta em escrever. Fã de boas histórias. Faz roteiros, fotografa, edita videos, canta e sapateia.
publicidade

Tá na rede!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade