publicidade

Congelar Vegetais é excelente para saúde e para o bolso! Saiba mais.

Além de manter os nutrientes, aumenta sua durabilidade em até 1 ano! (Tabela completa no post)

Tia Sandra - Publicado: 07/02/2014 13:27 | Atualizado: 16/03/2015 10:59
38.576
Clique no "joinha" para bombar este post!
6
0
0
publicidade

 

Quem prefere comer os vegetais fresquinhos?

n4fff51b150574

Não, pera… não é isso, to falando de ir à feira, supermercado, toda semana para comprar os legumes e verduras que precisamos, afinal, quem mora sozinho “tem” que levar pra casa em menor quantidade, pra dar conta de consumir tudo e nada ser desperdiçado. Mas nunca é assim, acabamos comprando um monte pra estocar, to mentindo? Um viva à geladeira!

publicidade

yay

publicidade

Esse desperdício vai na contra mão no combate à fome no mundo, onde mais de um bilhão de toneladas de alimentos vão para o lixo, por ano. Dá até um arrepio!!! Mas para colaborar um pouco e fazermos nossa parte, usamos a tal tecnologia a nosso favor. Mas você sabia que se congelar os alimentos e mantê-los no freezer, terá muito mais nutrientes, que os ditos “frescos”? Mais um viva!

yay (1)

Seu almoço de domingo sairá muito mais saudável que o da Tia Maria; que maravilha! 

 

Mas, por que congelar?

Esta técnica acaba por eliminar os microrganismos da superfície do legume, mantendo-a limpa. Na verdade os vegetais deveriam ser congelados após a colheita, mas como isso não é possível, faça-o assim que comprar, escolhendo sempre os mais frescos. Segundo pesquisa da Birds Eye, empresa americana de vegetais congelados, num tempo, cerca de 16 dias, entre o caminho da colheita até o fornecedor, mais o tempo que ficam nas gôndulas,  os vegetais já perderam parte dos nutrientes, entre 10% e 45% (dependendo do legume).

 

Tudo pode ser congelado?

Quase, sempre temos as exceções, no caso: tomate, rabanete, pepino. A batata, por exemplo, não pode ser congelada crua, pelo excesso de amido que ela contém, absorve muita água, amolece, esfarela e escurece, a não ser na forma de purê, bolinhos ou suflês. Mas os demais vegetais podem ser congelados, ou melhor, devem ser congelados, pois perderão muito menos nutrientes.

 

Como congelar?

Para congelar os vegetais, é necessário que estejam limpos e descascados. Devem ser escaldados em água fervente ou no vapor, nunca deixar cozinhar totalmente e logo que retirar, mergulhar em água com gelo, com ajuda de um escorredor, dando assim, um choque térmico, esse processo se chama “branqueamento” (mais info aqui). Com esse procedimento os vegetais manterão sua cor, sabor e textura, além dos nutrientes.

A seguir uma tabela para branqueamento dos vegetais:

congelar vegetais tabela 1

(via fazfacil)

Quanto congelar?

Congele em porções pequenas, em sacos plásticos, tirando o máximo de ar possível. Nunca use o papel alumínio para embalar, pois ele grudará no alimento. Para descongelar pode levar direto ao forno microondas, sabendo que terá que cozinhar mais, já que eles sofreram apenas um pré aquecimento.

Aqui tem uma outra lista super legal e completa, para você não ter dúvidas quanto à forma, procedimento e tempo de armazenamento no freezer.

tabela 2 congelar vegetais

(via fazfacil)

 

Sabendo disso, organize seu freezer! Você irá ganhar tempo, dinheiro e saúde.

 

Fontes:
deliciacerta.com.br
revistavivasaude.uol.com.br
minhavida.com.br
dihitt.com
asdeliciasdodudu.com.br
fazfacil.com.br
cozinhadaceci.com.br  

Imagem de capa: dobrahrana



Destaques do Alô, Alô? Testando!

38.576
Clique no "joinha" para bombar este post!
6
0
0
Formada na Faculdade da Vida, nasci no interior de SP, morei no Rio, São Paulo e voltei para o interior (Bebedouro-SP) e daqui não saio mais… adoro! Sou uma senhora com alma de artista e comportamento de menina adolescente #mimdêxa. Adoro viajar, usar o facebook, cuidar da minha casa e tomar meus bons drinks. Sou solteira por opção, tenho 3 filhos lindos, 1 neta maravilhosa, 3 gatinhas e 3 grandes defeitos, falar demais, comprar demais e ser demais #muahh.
publicidade

Comente!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade