publicidade

A ciência descobriu o tempo exato que um Abraço deve ter para benefícios incríveis

Pesquisa revela que alguns segundos abraçadinho podem transformar sua vida.

Caroline Simoes - Publicado: 22/11/2016 17:08 | Atualizado: 22/11/2016 17:10
122
Clique no "joinha" para bombar este post!
119
0
0
publicidade

Nos dias mais cinzas, quando está atrasado(a), irritado(a), perdeu o ônibus ou esqueceu a carteira em casa, há um remedinho gratuito que pode jogar um “balde de cor” em todas essas situações.

A ciência descobriu: um simples abraço pode transformar o seu dia – de verdade!

– Eu preciso de um abraço.

A Panvel Farmácias lançou uma campanha digital muito interessante chamada “Abraço Demorado”, mostrando que o simples ato de abraçar alguém querido pode te deixar mais feliz, saudável e de bem com a vida.

Olha só:

publicidade

publicidade

O tempo de um abraço

Um abraço dura em média 3 segundos. Pelo menos foi isso que a psicóloga Emese Nagy, da Universidade de Dundee, na Escócia, constatou.

Em sua pesquisa publicada no site Springer Link, ela analisou os abraços espontâneos realizados entre os atletas dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008.

Segundo a pesquisa, eles se abraçavam por esse tempo pois  os cérebros mandavam uma mensagem como “ok, essa é a hora de abraçar o coleguinha”. Ou seja, o ato era apenas uma resposta a essa “ordem”.

Esse também é o tempo (3 segundos) que dura seus abraços quando você cumprimenta amigos, familiares e as pessoas que você gosta. Segundo a especialista, assim como os atletas no final do jogo, você está só seguindo “ordens”. 

– Me abraça, brother!

Acontece que esses 3 segundos não são regra universal para quanto tempo um abraço deve durar. Na verdade, quanto mais demorado, melhor.

Abraço longo = felicidade

Um outro estudo desenvolvido pelos pesquisadores Lena M. ForsellJan A. Åström, publicado no jornal Comprehen Sivephysiology, explica que abraços demorados trazem benefícios à saúde e te deixam mais feliz.

Eles observaram um grupo de pessoas no dia 21 de janeiro, Dia Nacional do Abraço nos Estados Unidos, e perceberam que as pessoas se sentiam muito bem após um simples entrelaçar de braços mais demoradinho.

O hormônio da felicidade

Conversando com outros cientistas, Forsell e Åström entenderam que um simples toque faz com que o organismo produza ocitocina, um hormônio que está diretamente conectado às emoções.

Existem muitas maneiras de condicionar seu corpo a produzi-la, mas o mais comum é o toque, e quanto mais demorado ele for, mais ocitocina terá.

Segundo os especialistas, esse hormônio reduz o grau de estresse, ansiedade, pressão arterial, freqüência cardíaca e causa um aumento da produção de endorfinas que fortalecem o sistema imunológico do corpo.

Giphy, http://giphy.com/gifs/cheezburger-hug-baymax-lXiRKBj0SAA0EWvbG
Giphy

E não é só com o abraço que esses efeitos benéficos são ativados. Dá para produzir ocitocina com beijos, segurando mãos e até com sexo.

“Um breve abraço e 10 minutos de mãos dadas com um parceiro romântico reduzirá grandemente os efeitos físicos nocivos do estresse” – explica o pesquisador Jan A. Åström.

20 segundos de abraço salva uma relação

Não há como dizer quanto tempo e quantas vezes por dia é recomendável abraçar, mas em um artigo do terapeuta Barrington H. Brennen, ele afirma que 20 segundos de abraço podem salvar um casamento.

“Se você sentir que seu casamento está caindo aos pedaços ou as coisas não são muito excitantes em seu relacionamento, então segure seu parceiro em um abraço de corpo inteiro e fique lá por 20 segundos” – aconselha o terapeuta.

Então, 20 segundos parece ser uma média boa para dar aquele abraço apertado no coleguinha ou no crush, não?

Só não saia por aí abraçando estranhos por 20 segundos. Segundo a pesquisa, sem laço emocional eles podem não produzir a ocitocina. Aí só pairará a dúvida: “por que ele não me solta logo?“.

Imgur, http://i.imgur.com/m4tCMTL.gif
Imgur

– Quanto tempo esses abraços costumam levar? Porque eu preciso ir…

 

Fonte(s): Facebook - Panvel Farmacias, Youtube


Destaques do Alô, Alô? Testando!

122
Clique no "joinha" para bombar este post!
119
0
0
Aspirante a Jornalista ligeiramente distraída. Raramente lembra do que estava fazendo mesmo com seus 20 e poucos anos. Sempre procura o lado bom das coisas, adora miojo cru e o resto ela esqueceu.
publicidade

Tá na rede!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade