publicidade

3 Passos para se livrar da sensação de que a vida não sai do lugar

Talvez você esteja passando pela ‘síndrome de hamster’ e nem saiba.

Redação - SOS Solteiros - Publicado: 13/12/2016 11:02 | Atualizado: 13/12/2016 11:23
32
Clique no "joinha" para bombar este post!
3
0
0
publicidade

Provavelmente você já teve a sensação de que sua vida não estava indo para frente.

A gente corre, trabalha, faz de um tudo, mas parece que estamos sempre na mesma. E aí, como se livrar desse sentimento de uma vez por todas?

O especialista em física quântica e criador do portal Saúde Quantum, Wallace Liimaa, nos revelou que:

publicidade

A sensação de “a vida não ir para frente” acontece quando a mente não está sob o controle do corpo, ou seja, não importa o quão ativos somos e quantas conquistas realizamos, para a nossa cabecinha tudo vai ser “mais do mesmo”.

Para quebrar esse ciclo, o profissional revela que 3 passos são muito importantes. Passos esses que vão quebrar nosso condicionamento, fazer a mente assumir o controle e analisar a situação de modo real, enxergar e estimular nossas conquistas e assim fazer a vida caminhar.

publicidade

***

1. Convença-se da mudança

Não basta afastar o pensamento negativo, tem que acreditar realmente na ideia positiva.

Por exemplo, ao começar uma dieta você logo conclui que a alimentação não será tão gostosa. O que deve ser feito, segundo o especialista, é repetir o pensamento da mudança incansavelmente. Não martele mais em sua cabecinha que o rango não será gostoso, mas pense, várias e várias vezes, o quanto aquilo lhe fará bem e nas recompensas todas.

Essa repetição positiva condicionará o corpo (da mesma forma que a negativa) e quando se der conta estará viciado nesse pensamento bom e no bem-estar que ele lhe proporcionará, garante o profissional.

“Quando repetimos certos padrões de pensamentos, produzimos determinadas emoções. Esse processo repetitivo faz com que o corpo se vicie, literalmente, em sentir essas emoções associadas a esses pensamentos”, revela o especialista.

– Eu posso fazer isso.

 

2. Traga energias boas para sua vida

O especialista aconselha a nos afastarmos de tudo o que nos faz mal. Sejam notícias pessimistas, programas de TV sensacionalistas ou até de uma alimentação toda errada. Fique longe de tudo isso. Ou tente.

Em contrapartida, busque novidades que tragam um movimento à sua rotina. Atividades físicas, Yoga e Tai Chi Chuan são indicações do profissional para entrar em contato com seu eu interior mais facilmente e realizar efetivamente a mudança de pensamentos.

“Essas práticas proporcionam um estado de presença. De viver no aqui e no agora. Este é o caminho para vigiar os pensamentos e superar as crenças limitantes. É preciso desejar muito, superar e substituir os arquivos de memórias negativas instalados no subconsciente”, declara Wallace Liimaa.

Yoga Journal, http://www.yogajournal.com/category/poses/Yoga Journal

 

3. Reconheça aquilo que te limita

A vida não está caminhando por qual motivo?

O profissional garante que reconhecer as limitações e os seus sentimentos pessimistas (conscientes ou não) é o primeiro passo para quebrar a “síndrome do hamster” – que fica na gaiola andando, andando, mas não sai do lugar.

O que não te deixa fazer aquele curso que sempre sonhou? O que te impede de mandar novos currículos por aí? Você se acha uma vítima do universo? Enfrente todas essas perguntas e quando tiver as respostas ficará mais fácil contorná-las, explica o especialista.

Muitas vezes aceitamos algumas crenças como verdades (por exemplo, “eu não nasci para ter meu próprio negócio“). E como jamais as enfrentamos, elas se mantêm sempre presentes, atrasando nossa vida.

“Somente quando se identifica a presença destas crenças é possível trabalhar a mente para se livrar delas e construir uma nova estrutura de crenças saudáveis”, conclui o especialista.

Hrmasia, http://hrmasia.com/content/hamster-raceHrmasia

 

publicidade


Destaques do Alô, Alô? Testando!

32
Clique no "joinha" para bombar este post!
3
0
0
O seu almanaque pra vida. Através de uma linguagem jovem, descontraída e um forte apelo sexual, ajuda solteiros (e muitos casados) na grande jornada da epopéia doméstica, além das sugestões pra vida, livrando-os das mais diversas confusões e apuros que cachorro nenhum botaria defeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
publicidade

Comente!

publicidade
publicidade
publicidade