publicidade

17 Truques para viver melhor em São Paulo

É possível ficar suave na terra do estresse.

Rodrigo Guarizo - Publicado: 10/09/2014 12:28 | Atualizado: 10/09/2014 19:27
129
Clique no "joinha" para bombar este post!
0
0
0
publicidade

Viver em São Paulo é uma moleza…

tumblr_ltbl5netLW1qi9l1h

É complicado pra k7 e quem mora aqui sabe o quanto. Por isso aqui separamos algumas dicas fundamentais para que a sobrevivência na ~selva de pedra~ seja um pouco mais tranquila, ou pelo menos, mais divertida.

 

publicidade

1. Buzina “anti-gente-lerda”

É bem complicado andar por aí com um monte de gente andando devagar devagarinho na sua frente. Para fazer com que elas abram espaço pra você sem que seja necessário o educado/incoveniente “dá licença aê, mano”, utilize uma buzina de bicicleta, um “trim-trim” basta para que abram alas para sua comissão de frente passar. Pelo menos em tese, né?

publicidade

Overtake the slowest of walkers

 

2. Frequente exposições de graça

masp_sp_sossolteirosselvadaspedras

Alguns dos melhores museus de São Paulo tem dias de visitação gratuitos. Confira alguns:

  • MASP – Museu de Arte de São Paulo | Terça-Feira
  • Pinacoteca do Estado de São Paulo | Quinta-Feira e Sábado
  • Museu da Casa Brasileira | Domingos e feriados, e de duas em duas semanas o museu promove noites gratuitas nas quartas, das 18h às 22h
  • MAM – Museu de Arte Moderna B | Domingo
  • MIS – Museu da Imagem e do Som | Terça-Feira
  • Museu da Língua Portuguesa | Sábado e Terça-Feira
  • Museu de Arte Sacra | Sábado
  • Caixa Cultural São Paulo | Todos os dias
  • MAC-USP – Museu de Arte Contemporênea da Universidade de São Paulo | Todos os dias
  • MuBE – Museu Brasileiro da Escultura | Todos os dias
  • CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil | Todos os dias para exposições

 

3. Diversão em clubes gratuitos

Alguns bairros daqui contam com clubes gratuitos que só precisam do seu cadastro para que possam ser utilizados. Eles são conhecidos como Clubes Escola, você pode conferir aqui onde está o mais próximo da sua casa.

sesc_belenzinhosesc_belenzinho

– — Sesc Belenzinho

 Época

 

4. Saiba quanto vai custar o seu taxi

Sair de casa sem fazer ideia de quanto o seu taxi vai pesar no bolso é um dos pesadelos do paulistano comum. Ver que o taxímetro já beija os R$ 50 quando deveria estar nos R$ 30 dói, e muito. Por isso, utilize o Preço do Táxi, um site com uma calculadora de tarifa que diz quanto sairá a sua corrida – pelo menos na média.

taxi_sp_sossolteiros

baguete

 

5. Encontre bilhetes que estavam esgotados

Ao invés de chorar ou ficar reclamando no Facebook porque os fãs novos lotaram o show da sua banda favorita, você pode entrar no Comprei e Não Vou e ver se alguém desistiu do ingresso.

show_sp_sossolteiros

partyrockpeople

 

6. Segure o seu bolso, cozinhe em casa!

São Paulo é uma cidade cara que consome a sua grana antes mesmo de você perceber. As diversas opções culturais e gastronômicas dão a prova de que você realmente ganha pouco. Para não viver de cachorro quente e outras gordices, compre seu rango em mercados menos elitizados, vá em feiras ou sacolões e cozinhe em casa, a economia é absurdamente compensadora.

sacolao_sp_sossolteiros

spturis

 

7. Fique de olho nos dias de feira

Com cem anos de regulamentação na cidade, as feiras-livres rolam todos os dias espalhadas por SP, o que significa que você pode ter frutas, verduras e legumes frescos todos os dias caminhando só um pouco pelo seu bairro. Na Praça Charles Miller, por exemplo, você encontra várias feiras por semana, a Feira do Pacaembu, que acontece nas sextas, e a feira Sumaré Moderna, que rola nas terças, quintas e sábados. Procure a feira mais próxima de você.

feira_sp_sossolteirosvejasp

 

8. 0800-Cultura

Sabemos que não é só pelos 20 centavos, por isso festas, shows, feiras gastronômicas e diversos eventos rolam gratuitamente em São Paulo o tempo todo. Fique de olho nas agendas dos Sesc’s e dos parques, bem como acompanhe os coletivos que fazem suas festas pelas ruas e que são as melhores da cidade.

auditorio_sp_sossolteirosensanpablonohayplaya

 

9. Se jogue na noite

Você já ouviu falar que a noite paulistana é incrível e que a cidade não para. Pois é, estavam certos, não mentiram pra você. Aqui o bagulho ferve mesmo e existem opções para todos os gostos, de segunda a segunda. Rua Augusta, Vila Madalena e intervenções nas ruas, festas em prédios e ateliês. Um bom site para ver o que tem de bom e de ruim por aí é o Boatismo.

spnarua_sp_sossolteirosuol

 

10. Ande sempre com um guarda-chuva

São Paulo é internacionalmente conhecida por suas chuvas repentinas, e uma boa forma de não ficar ensopado na ~terra da garoa~ é andar com um guarda-chuva sempre por perto. Ou então, tenha R$10 sobrando, pois basta chover para aparecer um vendedor pra te salvar.

chuva_sp_sossolteiros uol

 

11. Frequente brechós

Sério, se você se liga em moda, não frequentar brechós é uma grande ofensa ao seu guarda-roupas. Saia de casa, vasculhe, prove, compre mais barato e tenha um estilo próprio com diversas opções. O site ObaOba fez um roteiro interessante.

bluxo_sp_sossolteirosbluxo_sp_sossolteiros

– — B. Luxo é um dos mais indicados pela grande variedade de peças.

justlia

 

12. Conheça bem o metrô

Lotado dentro e fora, o metrô pode ser mais simples de ser utilizado se você descer próximo às saídas que precisa. Por exemplo, a estação Sé dá acesso à linha 1-Azul, nos dois sentidos, e as suas escadas são no final da plataforma, ou seja, pegue sempre os primeiros e os últimos vagões para descer mais próximo de onde deseja ir. E por motivos óbvios evite horários de pico, 6 as 8horas, e 17 as 20horas

metro_sp_sossolteiros

 

13. Bilhete único é vida!

Regra básica da boa convivência com o transporte público paulistano, providencie o quanto antes o seu Bilhete Único, ele integra tudo: trem, metro, ônibus, micro-ônibus municipais e terminais de transferência. Permite que faça 4 viagens no período de 3 horas, ao custo de uma tarifa. Também rola colocar uma cota mensal para busão e metrô pelo valor de R$ 230, que permite viagens ilimitadas nestes serviços. Caso você utilize apenas ônibus, o ideal é a cota de R$ 140.

bilhete_unico_mensal_sp_sossolteiros

 tvcultura

 

14. Não perca o ônibus

E nem fique horas esperando por ele. Confira os horários em que o seu ônibus passa no ponto e acompanhe onde ele está pelo aplicativo “Onde Está o Meu Ônibus?“. Vamos dizer que “funciona”. Cláudia está no seu banquinho apenas observando.

onibus_sp_sossolteiros

 catracalivre

 

15. Use as ciclofaixas

São Paulo vem recebendo cada vez mais ciclofaixas, o que facilita – e muito – o transporte por vias curtas por aqui. Vá de Pinheiros à Vila Olímpia facilmente, bem como da Zona Leste à Zona Oeste suando muito e gastando apenas as suas calorias. Mas se você não tiver uma bike, veja o próximo item.

ciclofaixa_sp_sossolteiros

topblog

 

16. Use o BikeSampa

O serviço de bikes mais abundante de São Paulo é o BikeSampa – das magrelas laranjas. Faça o cadastro e, seja pelo aplicativo ou pelo seu Bilhete Único (olha ele aí de novo), utilize-a como meio de transporte pela cidade. Uma boa dica é saber onde irá e onde estará a estação mais próxima, muitas vezes você fará uma caminhada para chegar no local desejado, o que não é um problema.

bikesampa_sp_sossolteiros

mundoa2

 

17. Seja sócio torcedor

Se você consome informações e assiste na TV toda vez que o seu time joga, faça o favor de ser sócio torcedor. Além de ajudar o clube, você ganha descontos em alguns serviços, principalmente os ligados aos patrocinadores do seu clube favorito (muita vantagem nisso!), tudo isso graças ao Movimento Por Um Futebol Melhor.

movimento_sp_sossolteiros

futebolmelhor 

Tem mais sugestões? Comenta ae!  

 

Imagem de capa por: Duran Machefee/Estadão Conteúdo

Fonte: now-here-this.timeout



Destaques do Alô, Alô? Testando!

129
Clique no "joinha" para bombar este post!
0
0
0
Jornalista em formação, já passou pelo Portal ObaOba e já brincou de social media, além de produzir festas por São Paulo e rodar o país tocando em baladas. Dono do incrível poder da memória inútil, conta histórias ricas em detalhes que ninguém se importa. Mas são legais.
publicidade

Comente!

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade